Fumei por curiosidade e não parei mais, afirma Júlia, 17

Junho 10th, 2010 de MarinaK

DEPOIMENTO

Meu nome é Júlia (nome fictício) e tenho 17 anos. Comecei a fumar aos 14. Foi por curiosidade. Sabe aquela coisa de adulto, coisa proibida?

Fumo escondida dos meus pais. Quando sei que eles não vão voltar cedo, fumo em casa. Antes de voltarem, corro para lavar a mão, escovar os dentes e “desinfetar” a casa -abro bem a janela e deixo o vento tirar o cheiro.

Recentemente viajei com eles para a Europa e tive de ficar um mês inteiro sem fumar.

Quando voltamos e me livrei deles, acho que fumei uns 50 cigarros de uma vez.

O momento mais duro do dia é a manhã. Só fumo um cigarro, antes da aula, porque a diretora não deixa ninguém sair para fumar. Rezo para a aula acabar logo.

O colégio já ligou para casa me dedurando. Minha mãe pôs panos quentes e não contou ao meu pai. Jurei que pararia, e ela acreditou.

Na turma, quase todos fumam quando bebem. Fumar mesmo, só oito ou nove pessoas. Fumo dez cigarros por dia. Me perguntam por que não paro. Mas por que se é tão gostoso? (RW)

Fonte: São Paulo, terça-feira, 08 de junho de 2010 Folha de São Paulo. Cotidiano http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0806201007.htm